O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) realizou operação em conjunto com a Polícia Civil e a Polícia Militar em 17 lojas dos centros comerciais FIP e Stop Shop, em Brusque. 

De acordo com a Promotora de Justiça Susana Perin Carnaúba, o objetivo da operação foi a identificação e apreensão de mercadorias falsificadas. A operação ocorreu na quinta-feira (29/9) e resultou na apreensão de 4232 camisetas, 27 blusas, 48 calças, 122 pares de tênis e 5 bolsas, de marcas estrangeiras.

Parte da mercadoria apreendida ficará retida pela polícia para realização de perícia e o restante deverá ser encaminhado para os escritórios das marcas, em São Paulo. Os responsáveis pelas lojas responderão a inquérito policial e poderão ser indiciados por violação da propriedade intelectual.