O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e o Centro Integrado Empresa-Escola (CIEE) formaram a primeira turma do projeto Trabalhando Juntos em Lages. A Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude e a instituição de ensino entregaram diplomas de conclusão de curso para 38 jovens aprendizes. O evento aconteceu na sede das Promotorias de Justiça da Comarca de Lages. 

O Promotor de Justiça Giancarlo Rosa Oliveira desejou sucesso aos aprendizes e falou sobre a importância do curso. "As desigualdades existentes na nossa sociedade geram barreiras que nos impedem de atingir resultados efetivos, mas vocês se colocaram à disposição do processo e, acreditem, isso vai muito além da percepção que vocês têm hoje", disse ele. 

Os formandos são de Lages e São José do Cerrito. Eles participaram do curso durante o mês de julho e aprenderam conceitos sobre ética, cidadania, crescimento pessoal e postura profissional. Foram 20 encontros dirigidos pelo Professor e Orientador Gleno Pavanello. "Vou dar mais um conselho para vocês: façam com amor e façam a diferença".

Katiane de Oliveira de Jesus, de 17 anos, foi a oradora da turma. Ela agradeceu o MPSC e o CIEE pela oportunidade. "O curso foi incrível, aprendemos coisas para o resto das nossas vidas e conhecemos muitas pessoas legais. Foi muito bom participar, de verdade".

 Vários jovens já fizeram entrevistas em empresas e estão aguardando uma resposta. Outros, porém, já foram chamados. Carlos Eduardo Ribeiro da Silva, de 16 anos, vai começar a jornada profissional em um supermercado. "O curso foi bem interessante, nos ensinou muitas coisas sobre o trabalho, e agora é se dedicar bastante".

 Edvaldo da Silva, de 17 anos, por sua vez, foi contratado por uma indústria de máquinas e implementos agrícolas. Ele vai começar como auxiliar administrativo e pretende seguir carreira na empresa. "Estou um pouco ansioso, mas muito feliz. Preciso agarrar essa oportunidade".

Vale ressaltar que o Trabalhando Juntos foi lançado em Lages no final de junho, durante uma audiência pública que reuniu vários empresários. O evento acabou impulsionando a abertura de centenas de vagas para jovens aprendizes. 

Saiba mais 

O MPSC criou o Trabalhando Juntos para capacitar adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social para o mercado de trabalho. O projeto já ajudou milhares de catarinenses a conseguir o primeiro emprego. O Trabalhando Juntos é realizado em parceria com instituições qualificadoras, prefeituras municipais e empresas privadas, Ministério Público do Trabalho e Ministério do Trabalho.