O Ministério Público de Santa Catarina utiliza cookies para gerar informações estatísticas de visitação, aperfeiçoar a experiência do usuário e prestar os serviços online.
Respeitando seu direito à privacidade, em breve você poderá fazer a gestão dos cookies por ferramenta própria disponível no site.
Até a implementação da ferramenta, você poderá optar por impedir/modificar esse tratamento por meio das configurações do seu navegador.



Post

A popularização dos aplicativos de mensagens, ao mesmo tempo em que facilitou a comunicação entre as pessoas, criou um campo fértil para a aplicação dos mais variados golpes financeiros. Uma iniciativa da Promotoria Regional de Segurança Pública de Chapecó, em parceria com a Polícia Civil e Secretaria Municipal de Assistência Social de Chapecó, está alertando a comunidade sobre os riscos e instruindo os cidadãos de como se protegerem. 

"A proposta surgiu da constatação de que está acontecendo um aumento muito grande deste tipo de golpe, que tem feito vítimas em todas os espectros da população, independemente da idade, grau de instrução ou classe social. Os golpes são muito dinâmicos, estão em constante atualização", destaca o Promotor de Justiça Simão Baran Junior. 

A forma escolhida para a prevenção aos golpes foi a disseminação de informação, a partir dos servidores da Secretaria de Assistência Social. No dia 15 de outubro, o Promotor de Justiça, o Delegado Regional da Polícia Civil, Ricardo Casagrande, e a agente de Policia Civil Jéssica Lays Martineli palestraram aos servidores do órgão municipal a fim de capacitá-los a orientar o público que atendem. 

Post

"Os servidores replicarão as informações ao cidadão nos Centros de Referência em Assistência Social. Informado, o próprio cidadão poderá orientar familiares, colegas de trabalho e outras pessoas da comunidade onde vivem. Com isso nós vamos ampliar a população preparada para se proteger e com isso certamente vamos evitar que muitas pessoas caiam nesses golpes", considera o Promotor de Justiça. 

Redes Sociais 

Além da abordagem direta pelos servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social de Chapecó, os órgãos parceiros também apostam na ação no mesmo campo utilizado pelos golpistas, as redes sociais e aplicativos de mensagens.  

Com apoio também da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (AMOSC), da Unidade Central de Educação Faem Faculdade (UCEFF) e da Guarda Municipal de Chapecó, foram produzidos uma série de orientações para serem disseminadas e replicadas nos meios eletrônicos. 

"A iniciativa também mostra que a articulação entre as instituições é essencial em se tratando de Segurança Pública. E mais, há um grande potencial a ser desenvolvido pelos Municípios na área da Segurança Pública, especialmente na prevenção de delitos", finaliza o Promotor de Justiça.